Províncias

Andulo faz hoje a festa em ambiente de progresso

José Chaves | Andulo

A vila do Andulo, na província do Bié, que celebra hoje 42 anos desde que foi elevada à categoria de município, está a registar grandes progressos em termos de serviços sociais básicos, o que ajuda a mudar significativamente a qualidade de vida dos seus mais de 400 mil habitantes.

Na localidade estão em curso diversas acções de impacto social para melhorar a qualidade de vida da população e a imagem da vila
Fotografia: Francisco Bernardo

O antigo Ndulu, primeiro nome da vila em homenagem ao filho primogénito da família Ukungu, dispõe agora de novas escolas, hospitais e postos de saúde, centros comerciais, estradas, sistemas de captação e distribuição de água potável e energia eléctrica, entre outros serviços essenciais.
As autoridades governamentais e administrativas procuram apagar, a nível do município, constituído pelas comunas de Calussinga, Cassumbi e Chivaulo, a imagem de destruição deixada pela guerra, fazendo com que os escombros dêem lugar a várias infra-estruturas sociais importantes.
Actualmente, o município tem assistido, ainda, no domínio económico, à reactivação de vários projectos agrícolas e à criação de novos postos de trabalho.
O administrador municipal do Andulo, Moisés Cachipaco, recordou que o Executivo criou programas que estão a permitir o resgate do potencial agro-pecuário do país. Através deles, já existe um número considerável de infra-estruturas, umas construídas de raiz e outras recuperadas, numa altura em que a estrada para o Andulo está a beneficiar de obras.
A construção de mais escolas, unidades sanitárias e sistemas de distribuição de água, a par de infra-estruturas administrativas em todas as comunas, atesta o desenvolvimento da região.Moisés Cachipaco disse que, até ao final do ano, o município vai dispor de várias equipamentos novos, construídos no âmbito do programa do Executivo de combate à pobreza, com destaque para, numa primeira fase, para as escolas e unidades de saúde.Neste momento, decorrem a nível da sede municipal as obras de construção de duas escolas primárias, com quatro salas cada, nos bairros Silva e Seabra, assim como a reabilitação da residência oficial do administrador municipal adjunto e de alguns gabinetes de apoio à Administração Municipal.
O administrador municipal referiu que a nível da sede decorre igualmente a ampliação do centro materno-infantil.
Uma escola primária de quatro salas e uma residência para os técnicos colocados na povoação de Camunda, comuna de Calussinga, também estão a ser construídas.
Na localidade de Tchamba, também está a ser erguida uma escola de quatro salas e um posto de saúde.Moisés Cachipaco assegurou que as autoridades administrativas vão prestar maior atenção às zonas do interior.

Actividades comemorativas

No âmbito das comemorações do aniversário da vila, está prevista, até ao próximo dia 31, a inauguração de várias infra-estruturas sociais, e a realização de feiras do livro e agro-pecuária, além de diversas actividades culturais, desportivas e recreativas, com destaque para o concurso “Miss Andulo”.
O administrador disse que o município possui um grande potencial turístico, que aguarda por investidores. Na região, destacam-se as famosas águas termais de Tchitucuta, na comuna de Chivaulo, e as quedas do Lau Lau, estampadas nas novas notas de kwanza.
A região possui, igualmente, um grande potencial hídrico, com destaque para os rios Kwanza, Cunene, Cunhinga e Cutato.

Tempo

Multimédia