Províncias

Andulo necessita de mais técnicos

José Chaves | Andulo

O município do Andulo necessita de pelo menos 50 novos técnicos de enfermagem, para garantir a cobertura total da rede sanitária da região, revelou ontem o chefe municipal da Saúde.

José Cambuta disse que os  técnicos são necessários para trabalhar em postos médicos espalhados na periferia e nas comunas de Calussinga, Cassimbe e Chivaulo. A construção de seis postos médicos em localidades de maior concentração populacional é outra necessidade manifestada pelo responsável local do sector da saúde.
O chefe municipal da Saúde do Andulo salientou que por dia são atendidos no Hospital Municipal mais de 50 pacientes com diversas patologias, enquanto os postos médicos recebem uma média diária de 70 doentes.
José Cambuta  disse que cada posto médico funciona com apenas um técnico de saúde. “Necessitamos de mais técnicos de enfermagem para atendermos as populações que procuram os nossos serviços”, sublinhou.
“A situação sanitária no município do Andulo, de Janeiro a Junho deste ano,  foi   relativamente calma, em relação ao trimestre passado,  durante o qual foram realizadas 20.188 consultas.”
Sobre a situação sanitária do município do Andulo, José Cambuta disse que as coisas melhoraram. Por exemplo, José Cambuta  citou a malária que constituía a primeira causa de morte em mulheres grávidas como uma das enfermidades que tem casos diminuídos, fruto de certas medidas tomadas.

Tempo

Multimédia