Províncias

Animais com raiva fazem vítimas

Matias da Costa | Cuito

Os serviços de saúde pública e endemias na província do Bié registaram, de Janeiro a Setembro, 2.245 casos de pessoas mordidas por cães, que provocaram 15 mortes por raiva no Cuito, Chinguar e Chitembo, disse o chefe de departamento da instituição.

Os serviços de saúde pública e endemias na província do Bié registaram, de Janeiro a Setembro, 2.245 casos de pessoas mordidas por cães, que provocaram 15 mortes por raiva no Cuito, Chinguar e Chitembo, disse o chefe de departamento da instituição.
Óscar Bambi afirmou que o maior número de vítimas ocorreu no município do Bié, que registou, em média, 30 casos por dia.
No município do Cuíto, até ao dia 3, referiu, foram notificados 2.080 casos, que resultaram em dez mortes.
Os municípios de Chitembo, 39 casos e três mortes, e Chinguar, 65 ocorrência e dois óbitos, declarou, são as outras localidades da província do Bié com o maior número de notificações.
Na província do Bié, a instituição tem a participação das direcções da Agricultura e da Família e Promoção da Mulher na sensibilização das comunidades sobre a gravidade da raiva e a importância da sua prevenção.

Tempo

Multimédia