Províncias

Apoio dos técnicos cubanos em análise

João Constantino| Cuito

Cubanos que trabalham em diversas áreas profissionais no Bié tiveram um encontro de trabalho, no Cuito, com a embaixadora do seu país em Angola, Gisela Rivera.

Durante a reunião, a embaixadora pediu mais dedicação e empenho aos profissionais cubanos, para o reforço da cooperação com Angola.
A diplomata reconheceu ser difícil trabalhar longe da pátria e da família, e recordou que, apesar disso, o povo cubano sempre cooperou com Angola. “Durante anos, temos mantido uma cooperação sólida com Angola em diversas áreas profissionais. O espírito de cooperação e solidariedade do povo cubano sempre foi reconhecido pelos angolanos.
Em breve, Angola vai estar numa posição muito mais vantajosa para enfrentar os seus desafios do ponto de vista de formação, sem precisar da ajuda de qualquer profissional estrangeiro”, disse a embaixadora.

Infra-estruturas


À sua chegada ao Bié, Gisela Rivera foi recebida pelo governador Boavida Neto, com quem tratou questões relacionadas com o reforço da cooperação nos domínios da Educação, Saúde, Agricultura e Construção Civil.  Manteve, ainda, um encontro de trabalho com o vice-governador para a Área Técnica e Infra-estruturas, José Fernando Tchatuvela.
Durante a sua estadia, visitou os  Institutos Superiores Politécnico e Pedagógico, o centro infantil Kilamba, o Hospital Provincial do Bié e o centro materno infantil.A diplomata deslocou-se, ainda, ao condomínio residencial da missão cubana.
O contingente de trabalhadores cubanos na província do Bié é composto por 62 professores e 51 médicos, que muito têm contribuído para melhorar a assistência médica e o processo de ensino e aprendizagem na região.

Tempo

Multimédia