Províncias

Atendimento médico no Bié registou grandes melhorias

João Constantino | Cuito

O sector da Saúde do Bié está a registar grandes melhorias, principalmente no que toca ao atendimento dos pacientes que acorrem às diversas unidades hospitalares da província.

População tem mais facilidades no acesso ao atendimento médico e aquisição de fármacos
Fotografia: Jornal de Angola

O director provincial da Saúde, João Campos, disse na segunda-feira, durante uma visita de campo do governador Boavida Neto, que actualmente as populações têm mais facilidades no acesso ao atendimento médico e na aquisição de medicamentos.
Os avanços foram alcançados graças às intervenções na construção e reconstrução de infra-estruturas, contratação de novos técnicos e aquisição e melhoria dos equipamentos.
O director da Saúde, que está no cargo há menos de um mês, disse que as autoridades vão continuar a apostar no apetrechamento dos hospitais e na colocação de mais médicos, enfermeiros e medicamentos, para aumentar ainda mais os níveis de qualidade dos serviços. No entanto, confessou a sua preocupação quanto à necessidade de se aumentar o número de técnicos qualificados disponíveis a nível dos centros médicos.
Boavida Neto visitou unidades sanitárias e o armazém do município do Cuito, com destaque para instituições dos bairros Piloto, Catemo, Cambulucuto, Catalã e Popular. A nível daquela municipalidade, o governador verificou o funcionamento do centro materno-infantil, a Escola Técnica de Saúde, Hospital Geral do Bié e o Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV).
No centro médico do bairro Piloto, esteve reunido com os funcionários da instituição, para avaliar os avanços nos serviços e as dificuldades que os técnicos enfrentam. O apetrechamento das unidades sanitárias da província, em matéria de ambulâncias e viaturas de apoios para o pessoal técnico, é outra preocupação da direcção da Saúde.

Tempo

Multimédia