Províncias

Aumentam em Nharea os casos de tuberculose

José Chaves | Nharea

O Centro de Tuberculose e Lepra do município de Nharea, província do Bié, diagnosticou no primeiro trimestre deste ano 37 casos positivos, mais 16 em relação ao período anterior, anunciou ontem ao Jornal de Angola, o supervisor da instituição.

O Centro de Tuberculose e Lepra do município de Nharea, província do Bié, diagnosticou no primeiro trimestre deste ano 37 casos positivos, mais 16 em relação ao período anterior, anunciou ontem ao Jornal de Angola, o supervisor da instituição.
Jorge Ktchioco disse que os casos positivos são resultantes das consultas realizadas em 1.275 pacientes, na sua maioria homens com idades compreendidas entre os 23 e 49 anos.
Neste momento encontram-se internados 13 doentes, provenientes do município do Luquembo, província de Malange, e das comunas de Dando e Lubia. A falta de medicamentos e de técnicos é um dos problemas que o centro enfrenta.
O centro de tuberculose acompanha 311 pacientes em regime ambulatório. O aumento de casos de tuberculose deve-se ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabaco, associado à má alimentação.
O município do Cuito registou o maior número com 201 novos casos seguido de Camacupa, Nharea e Andulo com 54 e 37 e 30 casos. Com vista a diminuir o problema, o sector da Saúde em parceria com as autoridades tradicionais e igrejas, está a realizar palestras de sensibilização no sentido de esclarecer os perigos e as formas de prevenção.

Tempo

Multimédia