Províncias

Bebés com doenças congénitas preocupam parteiras

Delfina Victorino

Várias localidades da província do Bié estão a registarcasos de crianças nascidas com doenças congénitas.

Jurista Onofre dos Santos foi convidado
Fotografia: Jornal de Angola

Várias localidades da província do Bié estão a registarcasos de crianças nascidas com doenças congénitas. A situação preocupa as mães e as parteiras tradicionais, disse a secretária local da Organização da Mulher Angolana (OMA). Amélia Calumbo Quintas, que falava ontem durante um encontro com mães e parteiras, frisou que técnicos dos serviços de saúde alegam que uma das causas tem a ver com a pouca frequência de mulheres grávidas às consultas de pré-natal nas unidades hospitalares.
A responsável da OMA disse que o acesso aos materiais adequados para a realização dos partos nas comunidades também é apontado como uma das causas fundamentais do aumento da mortalidade infantil.
As parteiras tradicionais conhecem bem a realidade nas aldeias e Amélia Calumbo Quintas defendeu a necessidade de criar melhores condições a essas profissionais, para que melhorem os seus conhecimentos “porque essa á a forma de diminuir a mortalidade materno-infantil”.Quanto ao elevado número de crianças a nascer com doenças congénitas nas comunidades, a responsável da OMA no Bié disse que os técnicos estão a avaliar a situação para depois tomarem medidas.
Salientou que o Executivo está a melhorar cada vez mais as condições de vida das zonas  rurais.

Tempo

Multimédia