Províncias

Bié aposta no aumento da actividade agrícola

Matias da Costa | Cuito

Os municípios do Cuito, Andulo e Camacupa estão contemplados num plano que visa incentivar a agricultura, facilitando os camponeses da região a desenvolver uma actividade de rentabilidade, numa parceria entre o governo e a empresa de direito angolano “FertiAngola”, que já permitiu à província do Bié beneficiar de lojas comerciais e linhas de produção agrícola e pecuária, que vão dar cobertura às necessidades dos agricultores e camponeses.

Produtos como fertilizantes, agro-químicos, sistemas de rega, rendimentos veterinários, enxadas, machados, charruas e outros equipamentos fazem parte do leque de opções de bens que os camponeses podem adquirir a baixo preço.
O governador do Bié disse que a província é essencialmente agrícola e a abertura de lojas vocacionadas ao apoio da agricultura proporciona rendimento à actividade do campo.
Boavida Neto realçou que o trabalho agrícola já é um dos principais empregadores na província e representa a matriz para o desenvolvimento sustentável das famílias. De acordo com o governador, os camponeses e agricultores superam, desta forma, os constrangimentos que foram enfrentando ao longo do ano na aquisição de pesticidas, insecticidas, sementes e outros inputs agrícolas.
Com o surgimento da FertiAngola, acrescentou, os associados e particulares do ramo da agricultura adquiriram um ganho de proximidade, tanto de produtos como na política de gestão, fazendo com que a província tenha o essencial para desenvolver agricultura de qualidade. Boavida Neto defende uma actividade agrícola dinâmica, que possa equilibrar a condição social da população camponesa.
“Vamos todos trabalhar para que a loja defenda os interesses dos camponeses e participe no melhoramento das rendas das famílias”, defendeu Boavida Neto.
A empresa FertiAngola dispõe de um critério que estabelece uma relação com camponeses e agricultores, dando-lhes a possibilidade de adquirirem produtos em sistema de crédito. O gestor da empresa, Manuel Monteiro, esclareceu que a FertiAngola tem disponível uma série de oportunidades para os clientes e a concessão de produtos sob garantias de crédito é um dos pacotes.

Tempo

Multimédia