Províncias

Bié com maior índice de infectados

Sérgio V. Dias | Cuito

A província do Bié é a que tem maior índice de pessoas infectadas com o VIH/Sida, com 5.8 por cento de seroprevalência, à frente do Cuando Cubango, com 5.6,  Lunda Norte (5,1), Cunene (4,7) e Benguela, com 4,2.

Os dados foram revelados no Cuito pela directora do Instituto Nacional de Luta contra a SIDA (INLS), Docelina Serrano. Neste momento contabilizam-se 196.433 pessoas infectadas com o vírus do VIH/SIDA em todo o país.
Docelina Serrano prestou esta informação à imprensa durante o seminário realizado no Cuito sobre as estratégias de luta contra o VIH/Sida. As províncias de Luanda, Huíla, Namibe e Huambo registam 3,4 por cento de pessoas infectadas com a doença. Cabinda 3,3, enquanto Moxico e Bengo têm cada 3,0 por cento. O Cuanza Norte tem 2,0 por cento, Malanje 1,4, Zaire 1,0, Cuanza Sul 0,9 e Uíge 0,3.
A instituição vai continuar a trabalhar na identificação de casos, com vista a melhorar o controlo e o tratamento da doença.
Durante o seminário realizado no Cuito, capital do Bié, sobre estratégias de luta contra o VIH/Sida, foram exibidos todos os serviços e meios disponíveis para o controlo e combate da doença a nível do país. No seminário abordaram-se, entre outros, aspectos ligados à estratégia para diminuição do impacto negativo da Sida no país, hepatites virais e a recolha de dados estatísticos. O governador do Bié, Boavida Neto, sublinhou o interesse e a vontade do elenco que dirige de trabalhar com as autoridades sanitárias para a materialização do programa de luta contra a Sida.
O ministro da Saúde, José Van-Dúnem, enalteceu o empenho de todos no processo, salientando que o Bié tem uma posição incontornável no combate a esta doença, porque, como referiu, em 2005 a província apresentava-se já com uma prevalência de 0,6 por cento e em 2011 os índices subiram para 5,8.
O seminário, promovido pelo Ministério da Saúde, decorreu sob o lema “Bié livre do VIH/Sida, zero novos casos, zero mortes e zero estigmas e discriminação”.

Tempo

Multimédia