Províncias

Bié passa a dispor de ensino especial

Delfina Victorino |Kuito

Uma escola, com cinco salas de aulas, para alunos com necessidades educativas especiais está a ser concluída na cidade do Cuito, anunciou o chefe do Departamento Provincial da Educação, Basílio Caetano.
A escola, disse Basílio Caetano, vai dispor de laboratório, gabinetes para as diferentes áreas administrativas e um pátio de recreio.
Dez professores foram formados em especialidades sobre deficiências visuais, auditivas, transtornos de linguagem, psicomotores, atraso mental e transtornos de conduta.
Basílio Caetano afirmou que já existem os materiais específicos para este tipo de ensino e que só na cidade do Cuito estão identificados 72 alunos com necessidades educativas especiais. Nas restantes localidades, referiu, foram identificadas poucas crianças nessas condições.
A escola, anunciou, vai integrar também alunos sem deficiências para garantir o equilíbrio nas relações sociais, evitando-se a discriminação no processo de ensino e aprendizagem.  A falta de interesse e informação de alguns pais, lamentou, tem dificultado o acesso ao ensino de crianças com deficiências. Os professores já formados nas especialidades de necessidades especiais vão preparar outros nos diferentes municípios da província.

Tempo

Multimédia