Províncias

Cafeicultores do Andulo aumentaram a produção

José Chaves | Andulo

Produtores de café no município do Andulo, na província do Bié, venderam no ano passado, à classe empresarial local, 32 toneladas do produto.
 

Produtores de café no município do Andulo, na província do Bié, venderam no ano passado, à classe empresarial local, 32 toneladas do produto.
O coordenador municipal do café, Bartolomeu Fela, que prestou a informação ao Jornal de Angola, assegurou que, desde 2011, o sector cafeícola local teve um desempenho positivo, com resultados visíveis. De acordo com Bartolomeu Fela, 550 cafeicultores do município estão empenhados na produção do café, desde o lançamento do programa de incentivo à produção do produto, em 2008.
Nesse momento, acrescentou, estão semeadas, nos diferentes campos de produção do município, mais de 1.400 plantas de café, além dos cinco mil pés distribuídos por 18 viveiros, que vão ser distribuídos gratuitamente aos produtores. Em 1973, antes da conquista da Independência Nacional, o Andulo conseguiu colher cinco mil toneladas de café.
Para os próximos anos, os novos produtores pretendem alcançar ou ultrapassar esta quantidade. Os agricultores do município receberam, recentemente, um crédito agrícola de campanha avaliado em 200 milhões de kwanzas, distribuídos a 19 associações de camponeses e quatro cooperativas agrícolas.
Bartolomeu Fela referiu que os camponeses da região têm beneficiado de vários apoios, entre os quais sementes e fertilizantes, no âmbito do Programa de Combate à Fome e à Pobreza.
O município do Andulo é uma região da província do Bié onde se produz o café arábica, uma espécie proveniente da Etiópia, segundo Bartolomeu Fela .

Tempo

Multimédia