Províncias

Camponeses alfabetizados

Matias da Costa | Cuito

Camponeses dos municípios do Andulo, Camacupa e Catabola concluíram com êxito o programa acelerado de alfabetização e aceleração escolar, revelou o responsável da União Nacional dos Camponeses e Agricultores (UNACA), no Bié.

Mariano Sassoma assegurou que os níveis de aproveitamento nas salas de aulas têm-se revelado satisfatórios e alargam perspectivas de desenvolvimento no ciclo de vida dos camponeses da região. O responsável da UNACA apelou para que se dê sequência ao programa de alfabetização, uma vez que muitas famílias camponesas manifestam a vontade de frequentar novas fases de aprendizagem.
Mariano Sassoma disse que as políticas de alfabetização estão a cultivar no seio dos camponeses uma formação sólida, orientada para o progresso integral do homem. Acrescentou que as aulas decorrem das seis às sete horas.

Tempo

Multimédia