Províncias

Casos de violência tendem a diminuir

Delfina Victorino | Cuito

A directora provincial da Família e Promoção da Mulher (MINFAMU), Carolina Vihemba Isaac, disse ao Jornal de Angola que 284 casos de violência doméstica foram registados no Bié, durante o primeiro semestre do ano em curso.

Os casos de violência doméstica têm diminuído mensalmente em todas as localidades da província do Bié, devido às campanhas de sensibilização que têm sido realizadas.
Actualmente muitos homens denunciam também casos de violência, na sequência dos trabalhos de sensibilização realizados, através de palestras e teatro.
“Actualmente a fuga à paternidade tem sido a principal causa da separação familiar, que termina geralmente em conflitos entre parceiros”, disse Carolina Vihemba Isaac, argumentando que a maior parte dos casos são praticados por indivíduos bem-sucedidos no campo financeiro, social e académico.
“Muitos indivíduos responsáveis de instituições públicas, com um nível de instrução elevado, são autores da fuga à paternidade e da prática de conflitos físicos e psicológicos no seio familiar”, acrescentou.
O município de Catabola é actualmente a localidade que possui maior número de casos de violência doméstica, de acordo com a responsável do MINFAMU.
A poligamia tem influenciado no aumento de crianças desamparadas e na violência psicológica que tem repercussões futuras.
A Procuradoria-Geral da República no Bié, o Comando Provincial da Polícia, as autoridades tradicionais e as instituições religiosas são os principais parceiros no combate à violência.

Tempo

Multimédia