Províncias

Cegueira dos rios com muitos casos

Delfina Victorino | Cuito

A cegueira dos rios continua a ser uma preocupação das unidades sanitárias da província do Bié. Durante os primeiros seis meses do ano, foram notificados nos municípios de Nharea, Andulo, Cunhinga e Cuito 255 casos, afirmou segunda-feira o director provincial da Saúde.

João Campos salientou que o município de Nharea é a localidade com um índice de prevalência de cegueira total preocupante, daí que as autoridades apostem no redobrar de esforços para inverter o quadro.
O responsável salientou que o programa de controlo da cegueira dos rios e da bilharziose tem incidido sobre actividades de busca activa em localidades consideradas endémicas, como Camacupa, Andulo, Cunhinga e Cuito.
Em relação à bilharziose adiantou que 119 casos foram notificados no mesmo período de tempo, sem registo de óbitos.As autoridades sanitárias realizam várias acções com vista à promoção e prevenção de doenças que mais assolam a população da província do Bié, realçou. Existe um programa de medicamentos essenciais, com vista a melhorar o acesso e a qualidade.

Tempo

Multimédia