Províncias

Centenas de jovens recebem formação em artes e ofícios

Delfina Victorino | Cuito

Mais de 700 jovens da província do Bié estão a frequentar os cursos do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP), anunciou ontem, no Cuito, o responsável local da instituição.

Francisco Tchivangulula sublinhou que os jovens estão a ser formados nos centros de artes e ofícios dos municípios do Cuito, Camacupa e Andulo, nas especialidades de carpintaria, canalização, alvenaria, electrónica, serralharia, informática, mecânica auto e pintura.
Durante o primeiro semestre deste ano, mais de 200 jovens terminaram o curso de informática nos centros de artes e ofícios do Cuito, e estão prontos para trabalhar nessa área.
Francisco Tchivangulula disse que a nível do Bié, o INEFOP conta apenas com um centro de formação profissional no município do Cuito, serviço que é auxiliado pelos pavilhões de artes e ofícios de Camacupa e Andulo e da comuna do Cunje, a sete quilómetros da capital do Bié, além de unidades móveis.

Tempo

Multimédia