Províncias

Centenas de mortes no primeiro trimestre

Delfina Victorino | Cuito

Ao todo, 42.837 pessoas contraíram a malária, no primeiro trimestre deste ano, na província do Bié, 155 das quais morreram, revelou, ontem, no Cuito, ao Jornal de Angola, a vice-governadora para a área social.

Ao todo, 42.837 pessoas contraíram a malária, no primeiro trimestre deste ano, na província do Bié, 155 das quais morreram, revelou, ontem, no Cuito, ao Jornal de Angola, a vice-governadora para a área social.
Ana Nvuai referiu que a maioria das mortes, 68, ocorreram no município do Cuito.
Sobre o dia mundial da luta contra a malária, salientou que é uma das doenças que tem merecido maior atenção do governo provincial e que toda a sociedade se deve empenhar em combatê-la.
 A época chuvosa, lembrou a vice-governadora, é o período em que se registam mais número de casos de malária, que é o principal problema de saúde pública em vários municípios da província.
O chefe do departamento da saúde pública na província do Bié, João Cacungula, disse que o coartem, destinado a combater a malária, é distribuído pelas 118 unidades sanitárias da regiã.

Tempo

Multimédia