Províncias

Centenas de novos professores enquadrados nas escolas do Bié

João Constantino | Cuito

Cerca de 500 novos professores, seleccionados em concurso público, vão leccionar no ensino primário e secundário no município do Cuíto, província do Bié.

Docentes faltosos e os que não se dedicarem ao ensino correm o risco de perder o emprego
Fotografia: Jornal de Angola|

Cerca de 500 novos professores, seleccionados em concurso público, vão leccionar no ensino primário e secundário no município do Cuíto, província do Bié.
No acto de apresentação dos novos  professores, o administrador municipal, Avis Agostinho Vieira, destacou a importância do ensino na sociedade.
O administrador municipal disse que os professores que não se dedicarem ao ensino, faltando regularmente, vão perder o emprego para outros que queiram contribuir para o desenvolvimento do sector.
“É necessário que haja rigor e controlo na gestão dos novos quadros por parte das direcções das escolas. Não vamos tolerar o absentismo”, enfatizou o administrador municipal.
No município do Cunhinga, 93 novos professores do ensino secundário foram igualmente apresentados pela administradora local, Celeste Adolfo.
A inspectora da Educação, Adelina Chimuco, sublinhou que os professores devem ser exemplares e pontuais na sua actividade, uma vez que a sociedade espera deles uma postura digna. “Os professores têm uma responsabilidade enorme, porque o município conta com o vosso contributo na formação do homem”, salientou a inspector da Educação. Adelina Chimuco disse ser necessário que o professor seja uma pessoa exemplar dentro da sociedade, sobretudo por serem os formadores.

Tempo

Multimédia