Províncias

Central térmica do Cuito arranca no mês de Abril

 A central térmica, para o fornecimento de energia eléctrica à cidade do Cuito, província do Bié, entra em funcionamento em Abril, segundo o engenheiro da obra, Abreu Fernando.

Vista parcial da cidade do Cuito que vai estar melhor iluminada a partir do próximo mês
Fotografia: Jornal de Angola

 A central térmica, para o fornecimento de energia eléctrica à cidade do Cuito, província do Bié, entra em funcionamento em Abril, segundo o engenheiro da obra, Abreu Fernando.
“As obras estão na fase final”, disse ontem, acrescentando que a central térmica está instalada a dez quilómetros a Sul do Cuito e que neste momento está a ser feita a ligação dos cabos dos geradores.
A central conta com quatros geradores, cuja capacidade atinge os 10 Megawatts e meio, o suficiente para abranger o espaço urbano e suburbano da cidade.
 O vice-governador da província do Bié para a esfera técnica e infra-estruturas, Andrade Adolfo, na visita ao local e a outras obras em curso na região, garantiu que o governo vai pôr à disposição das comunidades vários imóveis de impacto social, de modo a melhorar as suas condições de vida.
Andrade Adolfo afirmou que recebeu garantias dos responsáveis da Empresa Nacional de Electricidade que, a partir de Maio do ano em curso, a população da vila do Cuito beneficiará de energia eléctrica vinda da central em referência.
Realçou que as dificuldades relacionadas com o abastecimento de energia eléctrica acabarão, assim que chegue a corrente produzida na barragem do Gove, província do Huambo, ainda este ano, cujo empreendimento foi financiado pelo Banco Mundial. Nove municípios da província do Bié consomem corrente eléctrica produzida por grupos geradores, desde 1992, após a destruição da barragem de Camacupa.

Tempo

Multimédia