Províncias

Centro materno infantil com serviço de cirurgia

O centro materno infantil da comuna do Cunje, município do Cuito, província do Bié, vai passar a dispor, a partir deste mês, de um bloco operatório construído para atender, essencialmente, casos de obstetrícia e ginecologia.

Casos graves vão ser tratados localmente
Fotografia: Jornal de Angola

A directora do centro, Ana Maria dos Céus, explicou à Angop que as obras estão concluídas e os equipamentos já foram montados, referindo que a unidade vai atender, sobretudo, mulheres em trabalho de parto (cesariana).
“O investimento feito permite às parturientes serem assistidas na unidade sanitária, em vez de serem evacuadas para o Hospital Geral do Bié”, disse, sublinhando que o centro já tem uma médica (cirurgiã) e um anestesista. Dois enfermeiros estão a frequentar o curso de especialização de instrumentista e anestesista.
A unidade tem uma enfermeira parteira, o que facilita o atendimento das parturientes.
O centro do Cunje dispõe de serviços de pediatria, medicina, puericultura e sala do Programa de Alargado de Vacinação (PAV), laboratório, farmácia, serviços de aconselhamento e testagem voluntária (CTV) da sida e refeitório para enfermeiros. A directora do centro, Ana Maria dos Céus, informou que, durante o segundo trimestre de 2013, aquela unidade hospitalar a­tendeu mais de oito mil pacientes com enfermidades diversas. A malária, doenças respiratória e diarreicas agudas, febre tifóide, doenças renais, infecções de transmissão sexual e outras são as patologias mais frequentes naquela instituição.
Para avaliar a situação real do investimento feito naquele centro, o governador do Bié, Boavida Neto, o vice-governador para a área Técnica e Infra-estruturas, José Fernando Chatuvela, directores provinciais, representantes de empresas de construção civil entre outros funcionários de instituições estatais, visitaram aquela instituição sanitária.

Tempo

Multimédia