Províncias

Centro oftalmológico está melhor equipado

Matias da Costa | Cuito

O centro de oftalmologia do Hospital Geral do Bié diagnosticou e tratou mais de nove mil pacientes, durante o ano transacto, revelou ontem, na cidade do Cuito, a responsável da instituição.

Pacientes deixam de procurar outras províncias em busca de assistência médica
Fotografia: João Gomes

Sandra Chiambo referiu que a instituição dispõe de novos equipamentos e padrões de atendimento modernizados, o que permite, em tempo reduzido, realizar consultas e diversas cirurgias.
A responsável do centro disse que, fruto dos investimentos efectuados a nível do centro de oftalmologia, a população local ganhou cultura e confiança para procurar pelo atendimento especializado, contrariando a tendência que existia pelos serviços de terapeutas tradicionais.
Actualmente, os serviços de oftalmologia no Hospital Geral do Bié atendem, em média, 50 pacientes todos os dias nas consultas de miopia, cataratas e peterijos.
Para diagnosticar estes casos, a responsável do centro disse que a instituição dispõe de equipamentos como lentes, lâmpadas de contacto, auto refretório e oftamoscópio.
Sandra Chiambo manifestou a necessidade da requalificação e enquadramento de pessoal especializado a nível do escalão intermédio e de médicos, para dar sustento contínuo à actividade dos recursos humanos do centro.
A especialista avançou que o centro conta apenas com dois médicos expatriados, auxiliados por cinco técnicos nacionais de enfermagem e por pessoal administrativo, número que considera insuficiente para fazer face à grande procura.
Sandra Chiambo disse igualmente que o centro perspectiva, para este ano, o alargamento de outros serviços no laboratório, de forma a evitar a evacuação de pacientes para as vizinhas províncias de Benguela e do Huambo.

Tempo

Multimédia