Províncias

Chuvas continuam a destruir infra-estruturas na província

Mais de 36 mil alunos matriculados no presente ano lectivo no município do Cuito, correm o risco de perder o ano académico porque 80 escolas, construídas com material precário, desabaram devido às fortes chuvas que se abatem sobre a província.

O administrador do Cuito, Avis Agostinho Vieira, afirmou que as autoridades governamentais do Bié estão a procurar encontrar soluções para que os alunos continuem a estudar.
“Neste momento alguns alunos estão a estudar em igrejas, que cederam os espaços de culto para serem transformados em salas de aulas no período diurno.
Vamos também criar salas de aulas em tendas para diminuir o número de alunos que corre o risco de perder o ano lectivo”, disse o responsável municipal.
O administrador do município do Cuito assegurou que a aquisição de tendas que vão servir de escolas estão a ser distribuídas pelos bairros, onde as escolas desabaram, no sentido de evitar que os alunos percorram grandes distâncias.
“Este ano as chuvas estão a causar muitos estragos. Onde não for possível fazer a reabilitação imediata da escola vamos colocar tendas como alternativa para não comprometermos o ano lectivo”, afirmou Avis Agostinho Vieira.
Além de escolas, as chuvas no município do Cuito têm destruído casas e as estradas ficaram intransitáveis. As fortes enxurradas têm dificultado também o normal abastecimento de água à cidade.

Tempo

Multimédia