Províncias

Chuvas fortes causam mortes e a destruição de moradias

José Chaves | Andulo

As fortes chuvas que se abatem sobre a comuna de Calussinga, a oeste do município do Andulo, na província do Bié, desde o passado mês de Outubro, estão a fazer enormes estragos, tendo causado, na semana passada, a morte de uma criança de oito meses, dois feridos e a destruição de mais de cem casas e de uma igreja que havia sido construída à base de pau-a-pique e adobe, informou à imprensa  a administradora comunal, Faustina Mbundo.

Segundo Faustina Mbundo, os bairros situados na periferia da vila foram grandemente  afectados, pois  quase todas áreas de cultivo ficaram inundadas, estando a população local, que é maioritariamente camponesa, desprovida da sua fonte de subsistência. 
“Foi constituída uma equipa da administração para, em coordenação com o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, arrecadar bens de primeira necessidade para os sinistrados e conferir o número de pessoas desalojadas e encontrar ainda fórmulas para impedir que as enxurradas continuem a fazer grandes estragos”, disse.

Tempo

Multimédia