Províncias

Combate à malária na vila do Andulo

José Chaves | Andulo

O Sector de Saúde do Andulo, província do Bié, diagnosticou durante o ano transacto 61 mil casos de malária, 46 dos quais terminaram em morte.

Segundo o chefe da Repartição Municipal de Saúde, José Cambuta,durante o período em referência as autoridades sanitárias distribuíram mais de 103 mil mosquiteiros aos cidadãos, mulheres grávidas e mães de recém-nascidos. Segundo José Cambuta, o município do Andulo conta com um Programa de Combate à Malária, que promove, entre outras medidas, a eliminação de charcos em áreas residenciais e o fomento do uso de mosquiteiros.
Durante o ano de 2014, o Sector de Saúde do Andulodesenvolveu várias actividades, comdestaque para o reforço da assistência médica em todas as unidades sanitárias.
A área de saúde preventiva no Andulo desdobrou-se na criação de uma cultura de higiene e cuidados das crianças as comunidades.
O Andulo possuiu três hospitais, designadamente,o Hospital Municipal, o HospitalMissionário de Chicumbi e o Hospital Missionário de Chilesso, um centro materno-infantil, três centros médicos e vários postos de saúde distribuídos poraldeias e ombalas. 

Tempo

Multimédia