Províncias

Combate a ravinas custa 800 milhões

O vice-governador do Bié para a Área Técnica e Infra-estruturas, José Fernando Tchatuvela, disse ontem que são necessários 800 milhões de kwanzas para o Programa de Combate às Ravinas e permitir uma circulação segura na província do Bié e a estabilidade das moradias.

Foram identificadas como ravinas mais perigosas a da vila do Mumbue (Chitembo), na estrada entre as cidades do Cuito e Menongue (Cuando-Cubango), e outra na estrada de acesso à província do Huambo.

Tempo

Multimédia