Províncias

Cresce o número de nascimentos no município

José Chaves | Andulo

No centro materno-infantil do Andulo, na província do Bié, realizaram-se durante o primeiro trimestre deste ano 353 partos, mais de 67 do que  em idêntico período de 2014, disse a chefe daquela unidade de saúde.

Mulheres procuram ter partos mais seguros
Fotografia: Domingos Cadência

Berta Nduva afirmou que nos três primeiros meses deste ano foram realizadas duas cesarianas e registaram-se 42 nados-mortos.A chegada tardia das parturientes aos serviços sanitários e roturas uterinas são as principais causas das mortes dos recém-nascidos e das cesarianas, principalmente em mulheres jovens, referiu para adiantar que as doenças mais frequentes são as infecciosas, de transmissão sexual, malária e diarreias. Por isso,  a responsável apelou a participação de todos no combate às referidas enfermidades.
O centro, com capacidade para internar 37 doentes, tem três médicos, 17 técnicos médios e 49 enfermeiros de vários escalões.

Tempo

Multimédia