Províncias

Crianças internadas no Bié recebem diversos meios

Afonso Belo|Kuito

No hospital central do Bié, 300 crianças internadas com diversas patologias comemoraram o Natal com um almoço oferecido pelos dirigentes do comité provincial do MPLA.

No hospital central do Bié, 300 crianças internadas com diversas patologias comemoraram o Natal com um almoço oferecido pelos dirigentes do comité provincial do MPLA.
Com o objectivo de desanuviar o isolamento que vivem neste período da quadra festiva, os dirigentes partidários também ofereceram aos enfermos brinquedos diversos.
O director geral do hospital central, Miguel Cabassa, enalteceu a ajuda, durante as festas, para retirar as crianças da solidão e isolamento do seio familiar. 
Disse ainda que esta atitude não serviu apenas de atenuante para as crianças, mas também para que os acompanhantes saibam da existência de uma corrente de solidariedade.
De acordo com a segunda secretária provincial do MPLA, Anabela Caiovo Ngunga, a acção visou transmitir o sentimento de solidariedade, uma palavra de alento, compaixão para com as crianças e mães que se encontram impedidas, por motivo de doença, a comemorar o Natal junto das suas famílias.
Manifestou o seu apreço pela forma como os doentes são atendidos, considerando que tal resulta do empenho dos trabalhadores do sector da saúde durante o ano de 2009.
Alberta Camota, mãe da pequena Avozinha internada na pediatria, disse que com este gesto sentiu-se tão alegre como estivesse a passar o Natal junto dos demais membros da sua família e acrescentou que se sentou junto da filha acamada e brincou com a boneca que lhe foi oferecida.

Tempo

Multimédia