Províncias

Defendidos no Bié temas ambientais no currículo escolar

O responsável do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) na província do Bié defende a inclusão da preservação ambiental no currículo escolar do sistema nacional de ensino.

Rosário Teixeira manifestou-se preocupado com o facto de existirem poucos debates nas instituições escolares sobre a conservação do meio ambiente, salientando que a educação ambiental vai reforçar a consciência dos alunos quanto a plantação e conservação de árvores, sobretudo nos centros urbanos e aldeias. Rosário Teixeira  pediu aos professores para promoverem nas escolas a educação ambiental, desencorajando o abate indiscriminado de árvores e assegurar a preservação do ecossistema.
Para Rosário Teixeira, a região carece de plantação de árvores, em função das queimadas, ocupação ilegal de terreno, falta de projectos direccionados para a arborização nas centralidades e disse ser importante que as cidades tenham plantas ornamentais como acácias rubras e amarelas, cedros e pata de burro.
A província do Bié, oitava maior de Angola, situa-se do centro do país, com uma superfície de 70.314 quilómetros quadrados. Parte deste território é ocupado por floresta aberta e savana, recortadas por montanhas, rios e vales, sendo, por isso, consideradas como terras agricultáveis.

Tempo

Multimédia