Províncias

Dieta alimentar dos idosos regista melhorias no Cuito

Delfina Victorino | Cuito

Mais de três hectares de terra estão preparados no interior do lar de idosos “Elavoko ly Omuenho”, na cidade do Cuito, província do Bié, para o cultivo de produtos diversos, no sentido de melhorar e diversificar a dieta alimentar.

Idosos do lar local são inseridos em projectos agrícolas para melhorar a dieta alimentar
Fotografia: Rogério Tuti

“A prática da agricultura familiar exercida pela sociedade biena tem influenciado na melhoria e diversificação da dieta alimentar da população, e valorizado os produtos locais", disse, ao Jornal de Angola, o director do lar de idosos, Caridade Eurico Massoli. De acordo com o director provincial da Agricultura, Marcolino da Rocha Sandemba, a província possui terras férteis e precisa de mais investimentos para o fomento da agropecuária.
O responsável explicou que a aposta na agricultura abrange igualmente a industrialização e o comércio, com vista à exportação de produtos.
Assegurou, igualmente, que, apesar de não existir na região a cultura do cultivo da mandioca, este tubérculo já se produz em grandes proporções. O director da Agricultura disse que existem espaços suficientes em todos os municípios da província para o investimento empresarial.

Tempo

Multimédia