Províncias

Doença continua a matar no município do Andulo

José Chaves | Andulo

O sarampo causou a morte de oito pessoas, de um total de 147 casos diagnosticados pelas autoridades sanitárias do município do Andulo, província do Bié, entre os meses de Maio e Julho do corrente ano.

O sarampo causou a morte de oito pessoas, de um total de 147 casos diagnosticados pelas autoridades sanitárias do município do Andulo, província do Bié, entre os meses de Maio e Julho do corrente ano.
Entre os afectados pela enfermidade constam pessoas adultas, cuja faixa etária é superior a 20 anos.
O chefe de repartição de saúde do Andulo, Francisco Chiquete, disse terça-feira que o surto de sarampo está a assolar as populações da aldeia Ndulo Epalanga, na comuna de Calucinga.
O chefe de departamento da direcção provincial de saúde pública, João Campos, mostrou-se preocupado com a propagação da epidemia, já que a localidade faz fronteira com algumas aldeias das vizinhas províncias do Huambo e do Kwanza-Sul.João Campos afirmou que uma equipa deslocou-se à aldeia de Ndulo Epalanga, onde efectuou uma campanha de vacinação de bloqueio da enfermidade.
O sector de saúde dispõe de medicamentos para atender os casos que possam surgir.Solicitou aos encarregados de educação e familiares de pessoas que estejam a padecer da doença para colaborarem com a saúde na apresentação de casos em tempo oportuno, para merecer o devido tratamento.    

Tempo

Multimédia