Províncias

Doença estranha faz vítimas na comuna de Sachinemuma

Uma doença, até agora não identificada, está a assolar a população da comuna de Sachinemuma, no município do Cuemba, província do Bié, onde já causou pelo menos a morte de uma pessoa, anunciou ontem o administrador da circunscrição.

Técnicos confirmam a existência da doença salientando que os doentes apresentam infecções
Fotografia: Edson Fabrício| Bié| Edições Novembro

Mário Victorino salientou que a equipa de enfermeiros da localidade ainda não conseguiu diagnosticar o tipo de doença nem as causas, referindo  que tal situação pode criar sérios constrangimento junto da população. 
O administrador comunal informa que, desde o princípio deste ano, a população de Sachinemuna se queixa de sinais como borbulhas no corpo, febres e dores nas articulações, mas os técnicos ainda não identificaram a doença.
Mário Victorino defendeu a necessidade de os órgãos de direito enviarem para a região uma equipa de médicos especialistas a fim de trabalharem junto da população e descobrirem o diagnóstico concreto e, consequentemente, o combate da enfermidade.
Ananias Pedro, técnico do centro de saúde da comuna, confirmou a existência da doença, salientando que os pacientes apresentam infecções por todo o corpo, daí as constantes febres e dores nas articulações.
A comuna de Sachinemuna, que dista 239 quilómetros a leste da cidade do Cuito, tem apenas dois enfermeiros, sendo um com formação média e outro básico, que atendem uma população estimada em 10.521 habitantes.

Tempo

Multimédia