Províncias

Doentes do Cuito com tuberculose evitam tratamento

Matias da Costa| Cuito

O supervisor do programa de controlo da tuberculose no Bié disse ao Jornal de Angola que 160 pessoas que eram assistidas no centro hospitalar do Cuito de combate àquela doença abandonaram o tratamento provavelmente por morarem longe.

O supervisor do programa de controlo da tuberculose no Bié disse ao Jornal de Angola que 160 pessoas que eram assistidas no centro hospitalar do Cuito de combate àquela doença abandonaram o tratamento provavelmente por morarem longe.
Isaías Chicapa afirmou que a juntar ao problema da distância entre os locais de residência e o centro hospitalar, há a falta de acompanhamento por parte dos familiares e os cerca de oito meses que dura o tratamento, que muitos doentes entendem ser demasiado longo.
O centro hospitalar registou desde Janeiro do ano passado até quarta-feira 1.290 casos de tuberculose, mais 291 do que em idêntico período imediatamente anterior.
Cuito, Camacupa, Andulo e Nharea foram os municípios com mais casos diagnosticados em 2012.
Isaías Chicapa referiu que estão a ser desenvolvidas várias iniciativas, principalmente palestras, destinadas a mostrar os perigos da doença e as formas de a prevenir.

Tempo

Multimédia