Províncias

Educação pré-escolar dispõe agora de curso

Delfina Victorino | Cuito

A Escola Superior Pedagógica da província do Bié (ESPB)  abriu este ano lectivo o curso de educação primária e pré-escolar, com o objectivo de diminuir as deficiências que o sector possui em relação ao ensino de base.

Autoridades apostam na diminuição das deficiências que se registam no ensino de base
Fotografia: Jornal de Angola

A Escola Superior Pedagógica da província do Bié (ESPB)  abriu este ano lectivo o curso de educação primária e pré-escolar, com o objectivo de diminuir as deficiências que o sector possui em relação ao ensino de base.
A par deste curso, a escola, que lançou no princípio deste ano mais 18 licenciados, que se associam aos 150 já colocados, em 2011, no mercado de trabalho, forma ainda técnicos nas especialidades de matemática, psicologia, física, geografia e pedagogia.
O chefe de departamento académico da Escola Superior Pedagógica do Bié frisou que o principal objectivo da instituição é formar docentes que respondam às exigências sociais que a região apresenta e procurar suprir as dificuldades educativas existentes.
A instituição, que conta actualmente com 451 estudantes nas diversas especialidades, vai extinguir brevemente a especialidade de pedagogia. Esta medida surge por a direcção da instituição considerar que já formou um número elevado de pedagogos, segundo Aristides Yandelela.
As aulas estão a ser asseguradas por professores angolanos, cubanos e brasileiros. Estes docentes têm procurado instruir os estudantes na resolução dos problemas que afligem a sociedade e, principalmente, no campo pedagógico, em várias instituições escolares do ensino secundário.
Em relação à estrutura da instituição, está em fase final a construção de uma biblioteca.

Tempo

Multimédia