Províncias

Estúdios para Comunicação instalados dentro em breve

Delfina Victorino | Cuito

A Escola Superior Politécnica do Bié (ESP-Bié) vai construir, nos próximos tempos, estúdios para assegurar as aulas práticas dos estudantes do curso de Comunicação Social, anunciou ontem, na cidade do Cuito, o decano da instituição.

Gerson Palhares avançou que a escola vai criar estúdios de rádio, televisão e de jornalismo escrito, de modo simulado, com condições técnicas e didácticas para ajudar no conhecimento prático dos estudantes.Explicou que os estúdios vão ser erguidos para facilitar que os alunos de Comunicação Social, principalmente na vertente do Jornalismo, possam juntar as questões teóricas às práticas pedagógicas, com vista a estarem aptos para o mercado de trabalho.
O decano da ESP-Bié explicou que, além dos estudantes, os estúdios vão permitir igualmente o refrescamento dos profissionais da imprensa a nível do Bié.
Disse ainda que a formação técnicoprofissional, com a aplicação prática dos conhecimentos teóricos,vai ajudar na geração de estudantes com qualidade e, consequentemente, em profissionais de comunicação com altos níveis de competência. Por isso, Gerson Palhares acredita que a criação dos referidos meios vai facilitar em grande medida o processo docente-educativo, correspondendo à expectativa do mercado nacional a nível da área da Comunicação Social. Em relação às engenharias Civil, de Informática e Computadores, de Recursos Hídricos, Mecânica, Telecomunicações, bem como Arquitectura e Urbanismo, o decano constatou que há uma grande necessidade de se formar quadros nestes sectores. “Talvez não formemos engenheiros iguais às grandes universidades internacionais, mas podemos responder às exigências e problemas locais”, salienta  Gerson Palhares.
O decano da ESP-Bié salientou que a formação deve ser feita de forma equilibrada, com a oferta de quadros em várias especialidades sociais e técnicas, com vista a enquadramento e correspondência dos problemas que afectam a vida da população.
A Escola Superior Politécnica do Bié, aberta há cinco anos,  iniciou com os cursos de Enfermagem e Psicologia Clínica, tendo já colocado no mercado de trabalho os primeiros licenciados, formados na primeira especialidade.
Actualmente, além dos cursos de Engenharia, a ESP-Bié ministra igualmente a formação em Electro-medicina, Análises Clínicas e Enfermagem Geral, dispondo de 700 vagas, para o ano lectivo 2017.

Tempo

Multimédia