Províncias

Exploração ilegal na província do Bié

Matias da Costa | Cuito

O governador do Bié manifestou-se, ontem, preocupado com os numerosos casos de exploração ilegal de diamantes nos municípios de Andulo, Nharea e Camacupa.

O governador do Bié manifestou-se, ontem, preocupado com os numerosos casos de exploração ilegal de diamantes nos municípios de Andulo, Nharea e Camacupa.
 Boavida Neto afirmou que essa prática tem prejudicado a economia nacional e contribuído para o aumento da criminalidade na província.
O governador falava nas instalações do comando operativo da Polícia Nacional, onde foram apresentadas 15 dragas apreendidas, que eram usadas ilegalmente na exploração de diamantes.
As máquinas, que pelas suas características podem ser utilizadas para potenciar o sistema de irrigação na agricultura, anunciou, vão ser leiloadas. Boavida Neto defendeu que haja uma avaliação, por parte dos serviços alfandegários, antes da autorização de importação de máquinas do género em zonas diamantíferas.
O governador pediu aos jovens, “muitas vezes utilizados como mão-de-obra barata” que não participem nestas actividades ilegais.

Tempo

Multimédia