Províncias

Fomento da produção do café leva Boavida Neto a Nharêa

Sérgio V. Dias | Cuito

A povoação de Lonjonjo, circunscrita à embala da Jamba e ao município de Nharêa, no Bié, testemunha sábado o acto de lançamento do programa de fomento da produção do café na província.

Camponeses com apoio para produzir café
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

Durante  o acto, a ser dirigido pelo governador Boavida Neto, equipas técnicas ligadas ao sector da Agricultura e Estações de Desenvolvimento Agrário (EDA) vão exemplificar o processo de plantação do café, assim como proceder à entrega de mudas e fertilizantes aos pequenos produtores.
 O mais alto mandatário da província do Bié e a delegação que o acompanha ao município de Nharea deslocar-se-ão, ainda, à embala de Tarala, onde visitam outro projecto de café e simultaneamente procedem à entrega de uma despoupadora.
À margem do acto de lançamento do programa de fomento da produção de café, Nharêa acolhe amanhã a décima segunda reunião técnica ordinária do Governo do Bié com os administradores municipais.No encontro, a ser orientado pelo governador Boavida Neto, vão ser abordados, entre outros aspectos, o actual momento socioeconómico da província.Com uma superfície territorial de 70.314 quilómetros quadrados, o Bié conta, além da sua capital, Cuito, e de Nharêa, com os municípios de Andulo, Cunhinga, Chinguar, Chitembo, Catabola, Camacupa e Cuemba. A população da província dedica-se, na sua maioria, à actividade agrícola.

Tempo

Multimédia