Províncias

Garantido apoio aos pescadores

O governo da província do Bié vai apostar, em 2015, na melhoria das condições de trabalho dos pescadores artesanais, visando aumentar a captura do pescado, sobretudo nos municípios de Camacupa, Chitembo e Cuemba.

A pretensão foi manifestada , na cidade do Cuito, pelo director da Agricultura e Desenvolvimento Rural e Pescas no Bié, Marcolino Rocha Sandemba.
O objectivo é potencializar os pescadores com meios e melhorar a prática da pesca continental na província do Bié. Dos materiais, acrescentou destacam-se redes, bóias, chumbos, anzóis e rolos para as redes, para possibilitar um melhor rendimento na captura do pescado em 2015.
Marcolino Rocha Sandemba assegurou que mensalmente são capturados cinco mil quilos de peixe, tendo salientando que apesar deste ano, o ministério de tutela, ter apoiado a província com material de pesca, ainda muitos pescadores usam a tradicional muzua, por falta de redes. A província do Bié tem grandes recursos para a pesca continental, nos rios Cuanza (o maior de Angola), Cuquema, Cuiva, Cutato, Cunhinga, Cunje, Mêmbia, Cuito e outros, que permitem a actividade pesqueira na região.
As espécies mais capturadas são o bagre, cacusso, peixe agulha e tuqueia. Na província do Bié, a direcção das Pescas tem registo de 40 associações de pescadores e 40 de aquicultores.

Tempo

Multimédia