Províncias

Governador destacou importância de "kupapatas"

Delfina Victorino | Cuito

O governador provincial do Bié, Boavida Neto, considerou na segunda-feira ser nobre o trabalho exercido pelos moto-taxistas, vulgo “kupapatas”, no transporte de pessoas e bens.

O governador provincial do Bié, Boavida Neto, considerou na segunda-feira ser nobre o trabalho exercido pelos moto-taxistas, vulgo “kupapatas”, no transporte de pessoas e bens.
Boavida Neto, que falava no Cuito, durante um encontro mantido com 250 motoqueiros que circulam pelas ruas daquela parcela do Bié, alertou os presentes para a necessidade de respeitarem as leis existentes na Constituição da República e de legalizarem a actividade junto dos órgãos do Estado.
A paz adquirida com sacrifício deve ser preservada por todos, a fim de que se mantenha a tranquilidade e se dê a oportunidade aos cidadãos na obtenção de um posto de trabalho, realçou o governador.
Por outro lado, salientou que a população deve acreditar nos programas executados e nos que falta serem executados pelo governo, pois eles vão permitir melhorar a vida dos cidadãos.
O responsável da Associação de Motoqueiros de Angola (Amontrang), Bento Rafael, afirmou que a sua direcção tem comprado capacetes e luvas para os condutores e passageiros, no sentido de manter a segurança de todos.
Bento Rafael falou ainda da necessidade de uma comunicação permanente entre o governo provincial e os moto-taxistas, para se encontrarem as melhores soluções para a resolução dos problemas que afectam a actividade e aconselhou os kupapatas a inscreverem-se na associação, para que esta possa defender os seus interesses.

Tempo

Multimédia