Províncias

Governo apoia terapeutas tradicionais

Delfina Victorino | Cuito

Os terapeutas tradicionais reconhecem o papel do Governo Provincial do Bié nas acções de mobilização dos profissionais da área, disse, na cidade do Cuito, o presidente da Câmara dos Terapeutas de Medicina Tradicional, Natural, Alternativa e não-Convencional de Angola.

Projecto de código de ética da medicina tradicional aguarda por aprovação da Saúde Pública
Fotografia: Eunice Suzana

Kitoko Maiavangua, conhecido por Avô Kitoko, também afirmou que “o papel dos sobas é ajudar a resolver os problemas das comunidades e não licenciar os terapeutas tradicionais”.
Essa função, referiu, é da Inspecção Provincial da Saúde, em coordenação com o organismo que tutela a actividade exercida pelos terapeutas tradicionais.A Câmara dos Terapeutas de Medicina Tradicional, Natural, Alternativa e não-Convencional de Angola, anunciou Kitoko Maiavangua, tem o registo em todo o país de 61 terapeutas. Avô Kitoko disse que já foi entregue à Direcção do Instituto Nacional da Saúde Pública o projecto do código de ética da medicina tradicional, que aguarda pela aprovação.

Tempo

Multimédia