Províncias

Governo do Bié conclui obras

Matias da Costa | Cuito

O Governo Provincial do Bié recebeu, em Maio, cerca de dois biliões de kwanzas para a conclusão de obras sociais incompletas e a execução de programas específicos, informou o director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística da província.

O Governo Provincial do Bié recebeu, em Maio, cerca de dois biliões de kwanzas para a conclusão de obras sociais incompletas e a execução de programas específicos, informou o director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística da província.
Francisco Munana, que falava dos programas desenvolvidos pelo executivo da província, disse que o dinheiro disponível servirá para colmatar as lacunas que ainda existem na execução dos projectos de investimentos públicos.
O director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística afirmou que, no presente ano, o governo está a concluir 57 projectos de carácter social. Entre eles constam obras de emergência, como escolas pré-fabricadas, para melhorar o ensino e a aprendizagem.

Construção de hospitais

Com o objectivo de desanuviar a procura de pacientes que diariamente acorrem aos serviços de saúde do Hospital Provincial do Bié, o governo da província prevê, ainda este ano, construir cinco novas unidades sanitárias, na periferia da cidade do Cuito.
O Director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística refere que a construção de outros centros de saúde no município do Cuito vai permitir maior fluidez no atendimento dos pacientes.
Francisco Munana acrescentou que as obras também incluem a ampliação e restauro do hospital provincial, bem como a inclusão de novos serviços, disse. Outra urgência, segundo referiu, é a construção de agências bancárias em alguns municípios da província, tendo adiantado que os municípios de Chitembo, Catabola e Kuemba vão dispor, brevemente, de agências do Banco de Poupança e Crédito (BPC).   

Tempo

Multimédia