Províncias

Governo do Bié entrega moradias a servidores públicos no Andulo

José Chaves | Calussinga

Um total de dez casas, construídos na comuna de Calussinga, município do Andulo, no Bié, para funcionários públicos, foram entregues sábado a igual número de trabalhadores.

Moradias conferem dignidade aos funcionários
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro | Bié

O projecto financiado pelo Programa de Intervenção Municipal visa dar solução à falta de habitação nas comunas, povoações, aldeias e ombalas do município do Andulo, no sentido de atrair quadros de várias especialidades concentrados nos centros urbanos. As casas possuem três quartos cada, uma sala, cozinha e casa de banho.
O governador provincial do Bié, Boavida Neto, disse que as residências constam do Programa de Investimentos Públicos (PIP) e visam dar melhores condições de habitabilidade aos funcionários públicos, tendo, para tal, solicitado a sua preservação.
Boavida Neto pediu a contribuição da população de Calussinga no sentido de contribuírem na reconstrução da região, anunciando que em breve serão inauguradas, noutros municípios e na sede da província, mais infra-estruturas sociais.
Na comuna de Calussinga, além das residências, o governador provincial procedeu igualmente à inauguração, na povoação de Chicala –Galileia, de uma escola primária de quatro salas, um posto de saúde e um sistema de abastecimento de água potável. O soba da comuna de Calussinga Amões Cutaya  enalteceu o empenho do governo da província em garantir a comodidade e conforto às populações rurais. A administradora da comuna de Calussinga, Faustina Mbundo, referiu que as novas casas, além de conferirem dignidade e conforto aos funcionários, vão contribuir para a melhoria da imagem e estrutura arquitectónica da sede comunal, que dista a cerca de 75 quilómetros da sede municipal do Andulo.
Faustina Mbundo disse que o Andulo é um dos municípios que perdeu todas as estruturas públicas e privadas, em consequência da guerra, mas lembrou que este quadro está a ser totalmente alterado desde o alcance da paz.
Na sede municipal, está em construção uma nova centralidade que vai contar com mil apartamentos, 172 dos quais estão concluídos e prontos para habitar.No Andulo estão em curso obras de reabilitação e construção de várias infra-estruturas de impacto social.

Tempo

Multimédia