Províncias

Governo do Bié investe na energia e águas

O governo da província do Bié investiu, no ano passado, 200 milhões de kwanzas no sector da energia com o objectivo de melhorar as condições de vida das populações daquela parcela do país.

Assim como na província do Bié, noutras regiões do país está a ser feito um grande investimento no sector
Fotografia: Jornal de Angola

O governo da província do Bié investiu, no ano passado, 200 milhões de kwanzas no sector da energia com o objectivo de melhorar as condições de vida das populações daquela parcela do país.
 O facto consta no relatório anual do sector, no qual se refere que 171 milhões de kwanzas foram empregues no aumento da capacidade de produção térmica, nos municípios do Kuemba, Chitembo, Nharea, Katabola, Kunhinga e na manutenção dos sistemas de energia noutras localidades da província.
 O relatório refere igualmente que outros 29 milhões de kwanzas foram empregues na reabilitação dos sistemas de captação, tratamento e distribuição de água potável às populações do Chitembo e Belo Horizonte (Kunhinga), bem como no melhoramento dos sistemas de captação subterrânea e assentamento da base de dados.
 Outros 29 milhões de kwanzas serviram para assegurar a gestão dos sistemas de água e aquisição de produtos químicos para desinfestação do líquido. Relativamente ao programa “Água Para Todos”, de acordo com o relatório, das 11 acções programadas foram executadas dez.  Foram abertos 23 poços com manivela nas comunas Kangote (Chinguar), Kwanzas, Muinha (Kamacupa), Kaieie(Nharea), Chiuca(Katabola), Kuequema e Kambandua, no Kuito. Com a abertura dos referidos poços pretende-se abastecer de água potável as populações das comunas, bem como combater doenças endémicas causadas pelo consumo de água não tratada. Os poços beneficiam 196.641 habitantes.

Tempo

Multimédia