Províncias

Graças a acções de prevenção diminuem mortes por malária

Matias da Costa | Kuito

As acções desenvolvidas pelos especialistas cubanos no âmbito do programa de erradicação da malária no seio da comunidade reduziram consideravelmente a taxa de mortalidade por esta enfermidade nas comunas de Mumbué, Cachingues e Malengue, município do Chitembo, província do Bié.

As acções desenvolvidas pelos especialistas cubanos no âmbito do programa de erradicação da malária no seio da comunidade reduziram consideravelmente a taxa de mortalidade por esta enfermidade nas comunas de Mumbué, Cachingues e Malengue, município do Chitembo, província do Bié.
Segundo o responsável municipal da Saúde, João Baptista, que falava do estado sanitário do Chitembo, o Gabinete de Controlo de Endemias registou, até ao momento, 2.534 casos de malária, tendo considerado haver um declínio acentuado, fruto das actividades desenvolvidas pelos médicos especialistas. João Baptista realçou que para o reforço ao combate da malária foram distribuídos, durante este ano, 1.500 mosqueteiros impregnados, nas comunas de Malengue, Soma-Kuanza, Mumbué, Cachingues e Mutumbu.
Apesar de considerar positiva a actividade dos inspectores sanitários, no controlo das vendas ilegais de medicamentos, lamentou, no entanto, o mau estado das vias.

Tempo

Multimédia