Províncias

Hospital dispõe de novos equipamentos

Afonso Belo | Cuito

O Hospital Regional do Cuemba, que vai atender pacientes das províncias do Bié, Malanje, Cuando Cubango e Moxico, está já a ser apetrechado com equipamentos modernos, assegurou ontem a administradora municipal.

Os meios vão permitir prestar uma assistência médica e medicamentosa mais humanizada
Fotografia: Francisco Bernardo

Laurinda Capocolola referiu que o hospital vai contar com todos os serviços clínicos, com destaque para a hemodiálise, ortopedia, raio X, análises clínicas, consultas gerais, internamentos.
Com capacidade para internar mais de 500 pacientes, o empreendimento dispõe ainda de um sistema de telecomunicações para facilitar o trabalho de interacção das equipas médicas em serviço e os pacientes.
Laurinda Capocolola disse que o Governo Provincial do Bié está a envidar esforços para assegurar o enquadramento de técnicos superiores em diversas especialidades hospitalares.
A administradora municipal do Cuemba avançou igualmente que a gestão do estabelecimento hospitalar vai ser de âmbito central, cabendo apenas à direcção provincial da Saúde velar pela sua fiscalização.
A responsável apelou para a melhoria das vias de acesso das distintas comunidades do Cuito, Malanje, Moxico e Cuando Cubango, com vista a facilitar a evacuação dos doentes para o Hospital Regional do Cuemba.
A administradora municipal adiantou que as obras estão a obedecer aos prazos contratuais.

Descasque de arroz

O Governo Provincial do Bié adquiriu uma máquina de descasque de arroz para a colocar à disposição dos produtores do município do Cuemba.
O director do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), Azevedo Pires, salientou que a produção de bens locais vai ser facilitada, assim como o seu escoamento para a sede municipal do Cuito e para as províncias do Moxico e Huambo. Azevedo Pires informou ainda que o IDA a nível do Cuemba beneficiou de 50 toneladas de sementes para o presente ano agrícola. Com as chanas, localizadas sobre o rio Luando, com clima favorável à cultura do arroz, Azevedo Pires disse que o município do Cuemba pode tornar-se num dos maiores produtores de arroz na província.
Ainda para o apoio às 30 cooperativas e 500 associações de camponeses, o município beneficiou também de cinco tractores com as respectivas alfaias.
O produtor Jacinto Hossi disse que vai continuar a trabalhar para ampliar a sua área de cultivo, tendo apelado à direcção provincial da Agricultura a mobilizar empresários para a compra dos produtos, uma vez que o Programa de Aquisição de Produtos Agro-pecuários (PAPAGRO) ainda não se faz sentir no município.

Tempo

Multimédia