Províncias

Hospital necessita de médicos

José Chaves | Nharea

O hospital municipal de Nharea, na província do Bié, precisa de clínicos de medicina geral, ginecologistas, obstetras, pediatras, ortopedistas e técnicos de radiologia.

O hospital municipal de Nharea, na província do Bié, precisa de clínicos de medicina geral, ginecologistas, obstetras, pediatras, ortopedistas e técnicos de radiologia.
Segundo o responsável da repartição municipal de Saúde de Nharea, Alberto Sacodombolo, o hospital tem capacidade de internamento de setenta pacientes, dispõe de serviços de urgência, radiologia, laboratório, medicina geral, estomatologia, pediatria, maternidade, farmácia, entre outros.
No entanto, a falta de médicos condiciona o funcionamento da unidade hospital, que dispõe apenas de um pediatra de nacionalidade coreana e 76 enfermeiros, dos quais apenas nove de nível médio.
“A unidade sanitária tem sido abastecida regularmente em medicamentos, material gastável, alimentação e combustível, no âmbito do Programa de Municipalização de Saúde em curso em todo o país”, acrescentou Alberto Sacodomblo, em declarações feitas ao Jornal de Angola.
A oncossercuse é uma das doenças que mais preocupa as autoridades sanitárias de Nharea, apenas superada pela malária e infecções respiratórias agudas.
“Estamos a tentar combater esta  doença para que não se alastra as demais regiões”, disse o responsável da saúde.
A secção de maternidade funciona regularmente, com um registo de oito a dez partos por dia.

Tempo

Multimédia