Províncias

Hotelaria e Turismo cria centenas de empregos

Matias da Costa | Cuito

Pelo menos 479 jovens da província do Bié ingressaram no ramo da Hotelaria e Turismo nos últimos cinco anos, revelou ao Jornal de Angola, no Cuito, o director do sector, Domingos Pascoal.

Pelo menos 479 jovens da província do Bié ingressaram no ramo da Hotelaria e Turismo nos últimos cinco anos, revelou ao Jornal de Angola, no Cuito, o director do sector, Domingos Pascoal.
Falando da evolução do sector de Hotelaria e Turismo referiu que, em cinco anos, a província passou a ter mais 314 quartos, que observam importantes padrões de arquitectura.  A particularidade geográfica da província e as potencialidades turísticas que a caracterizam têm motivado investidores nacionais e estrangeiros a solicitarem a concessão de áreas para a construção de novos equipamentos hoteleiros.
O responsável da Hotelaria e Turismo anunciou, igualmente, a criação e reforço de novas agências de viagens e garantiu que estão a decorrer sondagens nos municípios do Andulo e Camacupa para incentivar os investimentos turísticos na região.


Obras no  Chitembo


O governo do Bié investiu, no município do Chitembo, cerca de 184 milhões de kwanzas, na aplicação do programa de construção de uma escola de quatro salas, na sede administrativa, e na reparação do comando municipal da Polícia Nacional. Do montante, 162 milhões de kwanzas foram investidos na construção e apetrechamento da nova administração municipal, 15 milhões na rea­bilitação do Comando Municipal da Polícia Nacional e cerca de cinco milhões na construção de uma escola com quatros salas, na localidade de Liazemba.

Tempo

Multimédia