Províncias

Idosos recebem apoio

João Constantino | Cuito

O projecto de assistência alimentar e não-alimentar da Direcção da Assistência e Reinserção Social no Bié apoiou, no primeiro trimestre deste ano, 250 idosos, acolhidos   no lar de terceira idade Elavoco Lyomuenho, e 290 pessoas com lepra, disse, ontem, no Cuito,  a directora provincial da Assistência e Reinserção Social.

Entregues bens de primeira necessidade pela Direcção da Assistência e Reinserção Social
Fotografia: Nuno Flash

Desde 2010 foram apoiadas mais de 56 mil famílias na província do Bié, referiu Alda Sapanga, que acrescentou  que foram distribuídos materiais de ajuda pessoal a pessoas com deficiência e carenciadas, como 1094 cadeiras de rodas,  triciclos manuais, 1210 canadianas, 46 andarilhos 14 triciclos motorizados. No primeiro trimestre de 2015, a Direcção da Reinserção Social entregou 19.865 chapas de zinco a 723 famílias, no âmbito do projecto de  melhoria das condições habitacional das pessoas carenciadas.
“Com a criação de cursos superiores nas áreas da assistência às pessoas, temos quadros mais capacitados, para atender, com mais qualidade, os   necessitados”, disse Alda Chapanga.
Os centros de acolhimento Lar de idosos Elavoko Lyomuenho, o lar de aco” e o lar de assistência à pessoa com deficiência estão sob a responsabilidade da Direcção Provincial da Reinserção Social do Bié.

Tempo

Multimédia