Províncias

Idosos recebem donativo

Matias da Costa | Cuito

O lar de idosos Elavoco Lyomwenho, no bairro da Cangala, no Cuito, Bié, beneficiou de uma acção de generosidade da Associação da Mulher Rural da comuna de Cunje.

Foram doados bens de primeira necessidade ao lar de idosos Elavoco Lyomwenho
Fotografia: Afonso Costa

O grupo de mulheres ofereceu à instituição bens alimentares diversos, vestuário e produtos de higiene, para atenuar as dificuldades dos idosos.
A actividade, enquadrada na cerimónia de encerramento da jornada da mulher rural, realizou-se com o objectivo de conferir maior dignidade aos idosos, assim  como melhorar a sua dieta alimentar.
A directora do Gabinete de Estatística e Planeamento do Governo do Bié, Deolinda Belvina Gonçalves, congratulou-se pelo gesto solidário manifestado pela Associação da Mulher Rural em prol desta camada da sociedade,
Deolinda Gonçalves realçou que os idosos reagem facilmente aos problemas relacionados com a pobreza. “Devemos salvaguardar a sensibilidade e integridade dos mais velhos, tendo em atenção o seu percurso”, disse.
A responsável do Governo do Bié pediu, ainda, um acompanhamento sistemático em termos de assistência médica e medicamentosa aos idosos, fundamentalmente no que se refere à tensão arterial, de forma a controlar o seu estado clínico.
No quadro da jornada, sob o lema “o contributo da mulher rural no processo de desenvolvimento”, a directora do Gabinete de Estatística e Planeamento do Governo do Bié disse terem-se atingido níveis satisfatórios.
Deolinda Gonçalves apontou as palestras e debates sobre o enquadramento da mulher rural, bem como o projecto de produção local de sabão apresentado na província do Bié, formação, reciclagem das parteiras tradicionais, entrega de charruas e moagens para o reforço da produção agrícola, como medidas prioritárias de desenvolvimento económico e social.

Tempo

Multimédia