Províncias

Inscrições para casas vão até o fim do ano

José Chaves |

O processo de formalização de candidaturas para a compra de habitações do Estado na modalidade de venda ao público, na centralidade do Andulo, no Bié, vai ser feito até final deste ano, disse ao Jornal de Angola o coordenador comercial da Kora-Angola, Crispim Costa.

Funcionários públicos e jovens vão ter prioridade nas casas
Fotografia: José Chaves | Edições Novembro

O responsável da empresa de construção civil e promoção imobiliária reiterou que estão em construção mil residências, das quais 172 apartamentos já estão concluídos, entre moradias térreas e de dois pisos.
Crispim Costa frisou que os candidatos à aquisição de moradias na centralidade do município do Andulo devem estar tranquilos em relação à política de comercialização. Alguns munícipes contactados pela reportagem do Jornal de Angola mostraram-se satisfeitos com a edificação da centralidade, que, na sua opinião, vai melhorar a qualidade de vida dos seus moradores.
A cidadã Aurora Silepo disse ter já remetido a sua candidatura e espera com ansiedade receber as chaves de um apartamento, facto que para ela marcará o início de uma nova era. Paixão dos Santos, de 30 anos, também candidato a uma das moradias, explicou que o projecto veio em boa hora, a julgar pelo sonho da juventude em ter casa própria e constituir família. O regedor municipal, Bernardo Nicolau, afirmou que a construção da nova centralidade veio em boa hora, porque vai diminuir o défice habitacional para os funcionários públicos.

Tempo

Multimédia