Províncias

Instituto do Emprego forma técnicos jovens

Cinco unidades do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP) pretendem formar, este ano, 811 jovens em diversas especialidades no Bié, garantiu, no Cuito, o director do sector.

Instalados vários postos de formação
Fotografia: Jornal de Angola

Francisco Siku Tchivangulula informou que o INEFOP possui um centro de formação de artes e ofícios na comuna do Cunje, nos arredores do Cuito, e que foi instalada uma unidade móvel na comuna de Calussinga.
Os centros foram construídos pelo Governo para permitir que jovens sem formação profissional possam aprender ofícios na área da culinária, carpintaria, canalização, electricidade de baixa tensão, informática, pastelaria, mecânica, bate-chapas, recauchutagem, pintura, alvenaria, canalização, electrónica e corte e costura. Os cursos tiveram início em Março e terminam no próximo mês.
Dos formandos que frequentam este ano os cursos, 664 são do sexo masculino e 147 do feminino.
Desde o início deste ano, arranjaram emprego pela primeira vez 954 jovens, no Bié, depois de terem recebido formação profissionalizante no INEFOP da região, instituição que recebeu 911 ofertas de trabalho por parte de várias instituições que pretendem admitir profissionais formados naquela instituição.
Após o início do processo de formação profissional, em 1998, a instituição já formou 4.500 jovens em diferentes áreas.

Tempo

Multimédia