Províncias

Instituto selecciona futuros funcionários

José Chaves | Andulo

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), começou no Andulo, província do Bié, o processo de recrutamento e selecção dos futuros funcionários da instituição, a que concorreram 27 candidatos.

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), começou no Andulo, província do Bié, o processo de recrutamento e selecção dos futuros funcionários da instituição, a que concorreram 27 candidatos.
O coordenador de qualidade e sustentabilidade da Segurança Social, Manuel Moreira, em declarações ao Jornal de Angola, disse que o plano de extensão dos serviços de segurança social prevê a construção, numa primeira fase, de oito instalações nos municípios do Andulo, Caála, Icolo e Bengo, Dondo, Matala, Ganda, Negage e Tômbwa, que podem dar emprego directo a mais de 40 pessoas.As obras de construção do edifício dos Serviços de Segurança Social do município do Andulo, que começaram em Julho do ano passado, estão avaliadas em 500 mil dólares e já estão em fase de conclusão.
Além do INSS, no edifício vão funcionar o Centro de emprego e empreendedores e uma agência do Banco de Poupança e Crédito (BPC), parceiro do Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social nesta empreitada.
O edifico vai dispor, entre outras dependências, de uma sala de espera, outra de reuniões, áreas de fiscalização, produção e apoio administrativo, arrecadação, rampa para acesso a pessoas com deficiência, parque de estacionamento e fonte de energia alternativa.
O edifício vai contar também com uma área com capacidade para nove formandos, serviços de atendimento ao público e incubadoras de empresas.
Com a construção do edifício do INSS no Andulo, os pensionistas residentes nos municípios do norte da província do Bié vão deixar de percorrer mais de 100 quilómetros até à cidade do Cuito para tratar dos seus assuntos.

Tempo

Multimédia